pub-4556602817206729
 
  • Revista Alagoana

Grandes nomes alagoanos: Lêdo Ivo

Atualizado: 10 de out. de 2020

Texto de Gabriely Castelo


O escritor estudou o primário e secundário em Maceió, sua cidade natal. Foi morar em Recife em 1940, o seu período morando em Pernambuco, embora curto, foi de grande importância para sua carreira literária, pois lá estabeleceu contato com um grupo que era composto pelo pintor e escritor Vicente do Rego Monteiro e o ensaísta Willy Levin, que mentoravam jovens escritores como Lêdo Ivo e João Cabral de Melo Neto, sobre as vanguardas europeias e o surrealismo.





Em 1943, mudou-se para o Rio de Janeiro, estudou na Faculdade Nacional de Direito do Brasil e começou a trabalhar na imprensa carioca como jornalista profissional. Foi redator da “Tribuna da Imprensa” e também da revista “Manchete”, colaborador de “O Estado de São Paulo” e editorialista do “Correio da Manhã”.


Lêdo Ivo é considerado uma das figuras de maior destaque na literatura brasileira, principalmente em sua poesia. No dia 25 de dezembro de 2011, Lêdo Ivo recebeu na Espanha, na cidade de Léon, o Prêmio Leteo, atribuído a um poeta e escritor de língua portuguesa pela primeira vez. O Prêmio Leteo é concedido por um júri de jovens escritores, o que atesta o amplo interesse pela obra do escritor brasileiro na Espanha, país onde foi e ainda é sistematicamente traduzido e publicado.


Lêdo Ivo continuou publicando tanto poesia quanto prosa até seus anos finais. Quando veio a falecer, em 2012, na cidade de Sevilha, na Espanha, deixou no Brasil o volume inédito de poemas “Mormaço”, publicado em primeira edição na Espanha. Ficou também inédito o volume ensaístico “Afastem-se das hélices”, “O aluno relapso” e ainda o livro de poemas “Aurora”.


O alagoano morreu aos 88 anos de idade, na Espanha.


Confira a lista das obras publicadas pelo autor.

6 visualizações0 comentário
 
pub-4556602817206729